Início DESTAQUES GDF Decreto regulamenta Política Distrital de Primeiro Emprego na Saúde

Decreto regulamenta Política Distrital de Primeiro Emprego na Saúde

O Governo do Distrito Federal mostrou apoio a enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem recém-formados com a publicação, na quarta-feira (10), do Decreto nº 45.389. O documento regulamenta a Política Distrital de Primeiro Emprego desses profissionais. O suporte na busca pelo primeiro emprego virá por meio de capacitação e parcerias com entidades do setor produtivo, com sindicatos e com as secretarias de Saúde (SES-DF) e de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda (Sedet-DF).

Há cerca de 12 mil técnicos de enfermagem e oito mil enfermeiros na rede pública de saúde do DF | Fotos: Breno Esaki/ Agência Saúde-DF

O documento prevê que o acesso aos cursos de formação complementar obedecerá a requisitos de preferência para inscrições de pessoas integrantes de famílias em situação de pobreza, nos termos da Lei nº 7.295; de mulheres vítimas de violência doméstica ou que sejam chefes de família; além de pretos, pardos e indígenas, pessoas com deficiência e LGBTQIA+. Os aprovados de forma preferencial irão compor um banco de talentos, que será disponibilizado à iniciativa privada, para fins de futura contratação.

A norma regulamenta a Lei nº 7.295 de 2023, de autoria da deputada distrital Dayse Amarilio. A parlamentar acredita que unir saúde pública, sindicatos e terceiro setor é essencial para que a política seja aplicada. “Estamos falando de fomentos, contrapartidas, termos de cooperação. Vamos capacitar e criar postos de trabalho. Não se trata de substituir o servidor concursado, mas ter profissionais treinados e supervisionados, ajudando, atendendo e dando um respiro às equipes de saúde. Com a lei, poderemos gerar uma experiência real em campo”, avalia.

As federações das Indústrias do DF (Fibra) e do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Fecomércio-DF) se prontificaram a trabalhar em parceria com o governo

A Política Distrital de Primeiro Emprego agradou sindicatos e estudantes. As federações das Indústrias do DF (Fibra) e do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Fecomércio-DF) se prontificaram a trabalhar em parceria com o governo.

Força de trabalho

Somente na rede pública de saúde, há cerca de 12 mil técnicos de enfermagem e oito mil enfermeiros, que formam a maior base de servidores da pasta. Para a secretária de Saúde, Lucilene Florêncio, a regulamentação ajuda a suprir uma carência no atendimento do sistema de saúde como um todo, incluindo as necessidades da rede complementar.

“Apesar do número, é uma força de trabalho da qual ainda temos déficit. Precisamos acolher esses profissionais porque, quando são acolhidos e ganham experiência, o retorno é dado à população”, afirma a gestora.

*Com informações da Secretaria de Saúde

The post Decreto regulamenta Política Distrital de Primeiro Emprego na Saúde appeared first on Agência Brasília.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidade

Most Popular

Recent Comments